sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Defeito ou qualidade?


Percebo que atualmente existe uma certa confusão entre qualidades e defeitos. Algumas qualidades são classificadas como defeitos enquanto alguns defeitos propriamente ditos sequer são mencionados.

Trabalhar demais, ser sincero demais, ser perfeccionista se tornaram defeitos. Mas desde quando essas características são realmente defeitos?

E onde foram parar os defeitos de verdade?
Quem tem coragem de assumi-los? 
Quem de nós ter coragem de dizer que é preguiçoso, presunçoso, orgulhoso, mal-humorado, egoísta, afanador, desorganizado?

Vivemos em uma sociedade cada vez mais hipócrita e superficial.


E me pergunto: até quando?

Valores

Créditos da imagem: Stuart Miles - Free Digital Photos

Nenhum comentário:

Postar um comentário