terça-feira, 24 de setembro de 2013

O último abraço


Tenho quase certeza de que você não se lembra do primeiro abraço que ganhou na vida.
De quem será que foi? De seu pai? De sua mãe? De um de seus avós?
 

Mas do último abraço nunca nos esqueceremos...

Todos sabemos que devemos valorizar os momentos com as pessoas que são importantes para nós. Mas quem realmente faz isso de verdade?
 

O tempo entre o início e o fim da vida passa velozmente, embora muitas vezes não tenhamos consciência disso. 
E algumas vezes, quando nos damos conta já é tarde demais.

Por isso, não deixe de aproveitar hoje os bons momentos com as pessoas que você ama.
E que tal abraçá-las de forma tão profunda, sincera e intensa como raramente costumamos fazer?


Minha avó costumava me abraçar assim. E apesar de ela ter falecido há 17 anos, nunca me esqueci de seu último abraço...



Life Sandglass


Créditos da imagem: Sira Anamwong - Free Digital Photos

3 comentários:

  1. Excelente post, Rosana!

    A beleza da vida reside nas coisas simples, nos gestos de afeto, nos momentos vividos com as pessoas que mais nos importam.

    Parabéns e continue com essas ótimas reflexões!

    ResponderExcluir
  2. Guilherme,
    As coisas que consideramos as mais simples são as mais importantes, mas infelizmente são as que menos valor tem para a maioria de nós.
    Precisamos mudar enquanto é tempo, antes que seja tarde demais...

    É uma honra saber que tem lido meu blog!

    Abraços,

    ResponderExcluir