terça-feira, 22 de outubro de 2013

Reflexão sobre a fraqueza

Hoje, se estou me sentindo vazio ou frustrado, não acusarei ninguém senão a mim mesmo.
 
Quando não mais encontramos satisfação em nossas mais acalentadas crenças e começamos a duvidar de nossas costumeiras reações e opiniões, estamos prontos para iniciar uma nova vida.
 
Muitos de nós, contudo, encaramos esse momento decisivo em nossa vida como um sinal de “fraqueza”.
 
Desgostosos de nós mesmos, muitas vezes disfarçamos nosso vazio pondo a culpa em membros da família, uma infância miserável, empregos, políticos corruptos, má saúde ou péssimas amizades.
 
Todavia, a verdadeira carência está dentro de nós mesmos não em qualquer outra pessoa, circunstância externa ou instituições.
 
Quando admitimos essa carência e tomamos as medidas necessárias para atendê-la com novas ideias e atitudes, passamos a ver que nossas maiores “fraquezas” são as avenidas que nos levam a um maior crescimento interior, felicidade e serenidade.

Broken Link


Fonte do texto: minutodesabedoria.com.br
Créditos da imagem: Stuart Miles - Free Digital Photos 

Nenhum comentário:

Postar um comentário