terça-feira, 24 de junho de 2014

O que você fez de bom hoje?


Há algum tempo vi uma tabela com as tarefas diárias de Benjamim Franklin no artigo 8 valiosas lições extraídas da rotina diária de Benjamin Franklin no Valores Reais e fiquei pensando sobre o assunto, mais especificamente sobre dois pontos.


Pergunta da manhã: O que pretendo fazer de bom hoje?
Pergunta da noite: O que fiz de bom hoje?


Na correria do dia-a-dia, acredito que não damos muita atenção a coisas como essas.
Entretanto pequenos hábitos como esses, aparentemente insignificantes, são exatamente os que trazem mais significado e sentido para as nossas vidas.
Podem ser coisas bem triviais e simples, como ouvir alguém que naquele momento necessita conversar, ajudar um deficiente físico ou um idoso a atravessar a rua, deixar uma pessoa que está com muita pressa passar na sua frente na fila do supermercado. Já reparou como isso faz com que nos sintamos tão bem, por menor que seja a ação praticada?

Com o tempo, começaremos a sentir a necessidade de fazer coisas maiores, mas de início, coisas mais simples são melhores pois nos ajudarão a formar o hábito e a não desanimar diante das primeiras dificuldades.



E então: o que pretende fazer de bom hoje?


Construindo

 Créditos da imagem: renjith krishnan - Free Digital Photos

4 comentários:

  1. Adorei essa reflexão, Rosana. Concordo plenamente. O que eu tenho feito é, toda noite lembrar das coisas boas que me aconteceram, por mais pequenas que sejam. Dessa forma, percebo o quanto devo me sentir grata e acredito na lei da atração de que pensamento bom só atrai coisa boa.

    Tento ajudar no máximo que pode, retribuindo as vezes uma palavra violenta com outra carinhosa, tentar não me descontrolar quando preciso conversar com alguém que é "cabeça dura", mas gosto mt de ajudar no que posso! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna,
      Fico feliz que tenha gostado do meu post!
      Eu acho que lembrarmos das coisas boas que aconteceram durante o dia, mesmo que tenham sido pequenas, é o que nos dá força e ânimo para continuarmos nossa caminhada.
      Abraços,

      Excluir
  2. Eu faço isso!

    Que post maravilhoso, Rosana!

    Todas as noites, eu faço reflexões do tipo: "o que eu fiz hoje para poder viver melhor amanhã"?

    E, depois, eu faço a seguinte: "o que eu posso fazer amanhã para poder viver melhor depois de amanhã"?

    Nosso tempo aqui é tão curto, que esse tipo de reflexão nos permite canalizar nossa preciosa energia somente em coisas que valham a pena.

    Abç!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme.
      Excelente dica! Essas são atitudes que faz com que você seja uma pessoa melhor, mais consciente do que realmente é importante para você e para os que o cercam.
      Como você disse, nosso tempo é realmente curto. embora muitas vezes não damos muita atenção a esse "detalhe".
      Abraços!

      Excluir