terça-feira, 11 de novembro de 2014

O poder do exemplo


Muitas vezes achamos que nossos exemplos são irrelevantes, e que são nossas palavras que contam de verdade.
Gosto muito dessa ilustração sobre o assunto:

Certa vez uma mulher foi com seu filho até o Dalai Lama, a fim de que ele orientasse o garoto a não comer mais açúcar, pois estava fazendo muito mal saúde do menino.
Ao chegar lá, ela expôs seu pedido. 
Dalai Lama disse para a mãe do garoto voltar dali a uma semana. 

Voltaram depois de uma semana, e novamente a mulher pediu que Dalai Lama falasse com o menino.
Então ele olhou para o garoto e disse:
- Não coma mais açúcar!

E pronto, despediu-se dos dois, mas a mãe com ar de indignada perguntou o motivo de demorar uma semana para dizer apenas aquilo.
Então Dalai Lama disse-lhe:
- Porque há uma semana eu também comia açúcar.

Açúcar


Créditos do texto: http://realsistema.com.br/mostranovidades.php?id=03266
Créditos da imagem: Suat Eman - Free Digital Photos

2 comentários:

  1. Perfeito, Rosana! Nossos atos falam muito mais do que o que sai da nossa boca!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O exemplo tem uma força muito poderosa. Seria tão bom se tivéssemos consciência disso a maior parte do tempo!
      Abraços,

      Excluir