terça-feira, 7 de março de 2017

O teste das 3 peneiras


Provavelmente você já ouviu esse ensinamento em alguma época de sua vida.

Infelizmente muitas vezes nossas afirmações não passam no teste abaixo, gerando desconforto, ressentimentos, raiva, desconfiança, medo, decepção entre outros sentimentos e sensações desagradáveis.

Da próxima vez em que você estiver em dúvida sobre comentar algo com uma pessoa, lembre-se dessa historinha:


Um rapaz procurou Sócrates e disse-lhe que precisava contar-lhe algo sobre alguém.

Sócrates ergueu os olhos do livro que estava lendo e perguntou:

- O que você vai me contar já passou pelas três peneiras?

- Três peneiras? - indagou o rapaz.

- Sim! A primeira peneira é a VERDADE. O que você quer me contar dos outros é um fato? Caso tenha ouvido falar, a coisa deve morrer aqui mesmo. Suponhamos que seja verdade. Deve, então, passar pela segunda peneira: a BONDADE. O que você vai contar é uma coisa boa? Ajuda a construir ou destruir o caminho, a fama do próximo? Se o que você quer contar é verdade e é coisa boa, deverá passar ainda pela terceira peneira: a NECESSIDADE. Convém contar? Resolve alguma coisa? Ajuda a comunidade? Pode melhorar o planeta?

Arremata Sócrates:

- Se passou pelas três peneiras, conte! Tanto eu, como você e seu irmão iremos nos beneficiar.
Caso contrário, esqueça e enterre tudo. Será uma fofoca a menos para envenenar o ambiente e fomentar a discórdia entre irmãos.
 



Pontos positivos


Lembre-se: muitas vezes, o silêncio é ouro.

 

Até a próxima!


Fonte da parábola: https://pensador.uol.com.br/frase/NTU5ODg/
Créditos da imagem: Stuart Miles - Free Digital Photos

2 comentários:

  1. Tão simples, tão verdadeiro, e muitas vezes, nós mesmos, inconscientemente, temos dificuldades de seguir os ensinamentos mais básicos...

    A vida, nossas atitudes, passam por uma constante autorreflexão, sempre!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, André

      Muitas vezes complicamos demais as coisas simples. Ao mesmo tempo, simplificamos demais as coisas complicadas.

      Estamos tão acostumados com tais atitudes, que como você disse, inconscientemente temos dificuldade em seguir os ensinamentos mais básicos. Por isso a mudança de hábitos é fundamental, para uma vida mais simples, com mais intensidade e menos coisas materiais.

      Abraços,

      Excluir