terça-feira, 4 de julho de 2017

Quanto vale o seu conhecimento?


Muitas vezes achamos que o preço pago por um serviço é caro demais.
Mas será que é mesmo?
 

Certo dia, o gerente de uma multinacional teve um problema com seu computador que utilizava para gerenciar mais de 20 filiais de sua empresa. Não podendo perder tempo com isso, chamou um técnico para que resolvesse o problema de seu computador o mais rápido possível.

O técnico chegou, olhou, olhou e olhou... Após alguns minutos (poucos), apenas apertou um parafuso e o computador voltou a funcionar perfeitamente.

O executivo perguntou ao técnico quanto tinha ficado o serviço. 

O técnico simplesmente respondeu “mil reais”. 
O executivo não entendeu o motivo de o valor ter sido tão alto, então, para ver se colocava o técnico em uma encruzilhada pediu para que fizesse um relatório do serviço.

Electronic Fixing

Então o técnico lhe apresentou o seguinte relatório:
Apertar o parafuso = R$1,00.
Saber qual parafuso apertar: R$999,00.
Total: R$1.000,00.

Sem dizer nada, o executivo fez o cheque e pagou.



Fonte da parábola: http://www.administradores.com.br/artigos/negocios/quanto-vale-o-seu-conhecimento/24813/

Créditos da imagem: Surachai - Free Digital Photos

6 comentários:

  1. Perfeito Rosana!

    Já passei por isso, acredita? Lá na minha adolescência, tinha por volta de 16 anos, comecei a prestar serviços em manutenção de computadores. Certa vez, recebi um telefonema pedindo por meus serviços. Falei que o faria e já precifiquei o serviço. O miliante aceitou e fui até sua casa. Resolvi seu problema em 2 minutos. Qual a reação do cara? Não vou te pagar! Foi muito fácil! ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investidor Inglês,

      Deve ter sido bem desagradável essa situação. Parece que se não há muito trabalho envolvido, a solução cai em descrédito.
      Quem sabe as novas gerações consigam compreender melhor a importância vital da produtividade para o sucesso.

      Boa semana!

      Excluir
  2. Eu já estive do outro lado. Já achei um absurdo pagar tão pouco por tão pouco tempo de serviço. Mas quando a gente pensa de forma racional (e principalmente quando a gente tenta fazer o serviço por si só e percebe o quanto de tempo perdemos com isso - sem contar os prejuízos), damos valor ao conhecimento alheio.

    Um exemplo foi quando comprei um biombo em madeira crua para lixar e pintar, pois era metade do preço de um pronto. Sem comentários... Só para quem gosta mesmo rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André,

      Você foi bem na contramão do mundo ao achar absurdo pagar tão pouco, já que a maioria ficaria muito feliz em uma situação semelhante.

      Sobre a madeira, uma vez eu vi um portão simples feito de ripas e pensei: é fácil fazer.
      Mas no final, o fácil se tornou difícil bem rápido. rsrsrsrs
      Outra coisa que gosto é fazer ou reformar casinhas de cachorro (dos meus). Parece tão fácil, mas a complexidade é bem visível logo no início (tirar as medidas e escolher as madeiras).

      Conhecimento é tudo. Pena que ainda seja tão desvalorizado.

      Boa semana!

      Excluir
  3. Excelente texto, Rosana!

    O valor do conhecimento é algo que todos deveriam se atentar, principalmente porque estamos inseridos na Era do Conhecimento.

    O mercado é muitas vezes quem precifica os preços dos serviços dos profissionais, e, é claro, muitos de nós ficamos perplexos com tais preços, talvez porque nossas mentes trabalhem "ancoradas" nos preços dos produtos materiais, que tendem a ser mais baratos.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme,

      Legal ver você por aqui. :)
      Eu também acho que o fato do conhecimento não ser tangível faz com que pensemos que o preço é muito mais alto do que deveria ser. Mas como na história do post, quem sabe mesmo qual é o parafuso que está causando o problema, estudou muito para conseguir chegar a essa conclusão.

      Boa semana!

      Excluir