terça-feira, 12 de setembro de 2017

Reza a lenda – D'naipes


A sociedade passou por tantas profundas e significativas mudanças nas últimas décadas, que para quem é criança hoje, talvez seja difícil imaginar que um dia, em um passado não muito distante, haviam crianças com a sua idade que brincavam em grupo na rua e que haviam cartas de papel escritas à mão, que demoravam dias para chegar ao destinatário.


Crianças


A letra nos remete também ao futuro, sonhos e objetivos quando diz:
“Todo dia é dia pra lembrar que temos tanto a fazer
Seja a diferença tudo pode estar com você.”

E encerra falando sobre a frieza da atualidade:
“Reza a lenda que ouvi de um sonhador
Que o presente está carente de amor.”

Essa música apresenta uma combinação muito agradável entre melodia, poesia, arranjos e efeitos.
Vale a pena ouvir!



Reza a lenda – D'naipes


Créditos da imagem: Stuart Miles - Free Digital Photos



4 comentários:

  1. Olá Rosana!

    Gostei! Bate uma nostalgia rs E olha que não sou tão velho (33) mas sou da geração que vivencia essas mudanças.

    Dias atrás percebi essa diferença ao ligar a tv de manhã e não ter desenhos para assistir... triste isso :(

    Boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, II

      Tanta coisa mudou de forma rápida nas últimas décadas que às vezes até parece que somos de uma geração muito distante. rsrsrs

      Abraços!

      Excluir
  2. Engraçado que estava falando com minha mulher justamente sobre essas ideias no final de semana passado. O desafio é a gente não perder as coisas boas do passado mas também não se perder em nostalgias do que passou e não vai mais voltar.

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André,

      Acho que cada geração tem parte a boa e a ruim, basta sabermos aproveitar o melhor que cada época tem a nos oferecer. Como você disse, sem nos perdermos com nostalgias muito intensas, que trará mais tristeza, desalento e muito desgaste mental.

      Abraços!

      Excluir