terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Desafio para 2018


Muitas vezes perdemos o foco de nossos próprios objetivos.

O tempo passa e nossos propósitos vão ficando cada vez mais distantes e até improváveis de serem concretizados, pois não é raro nos concentrarmos no que não queremos quando o ideal seria o contrário.

Por isso, minha dica para o início de 2018 é: concentre-se no caminho que você quer trilhar e pare de dar atenção ao caminho que quer evitar.

Sei que não é fácil, pois um hábito formado é difícil de ser substituído. Mas não é impossível.

Resultados diferentes só serão alcançados através de estratégias diferentes.

Como disse Albert Einstein:
"Loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual."


Lupa-aumentando-frase-foco-no-sucesso

Créditos da imagemDanilo Rizzuti Free Digital Photos

11 comentários:

  1. Pois é, Rosana! Usar o modelo mental correto é imprescindível! Essa ideia que apresentou é a base de vários modelos mentais de sucesso: focar no que vc quer e não no que vc não quer!

    Isso serve para uma infinidade de coisas. Desde causas mais nobres como que vc cita acima, como aprendizado em fazer curvas com motocicletas em alta inclinação: vc não pode focar na trajetória além da estrada (como se quisesse "evitar" sair da pista) e sim na trajetória ao centro da pista, que é onde vc deve manter-se!

    Abraço e excelente ano!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André,

      O exemplo da motocicleta foi muito bom. Imagine se quem anda de moto ou carro diariamente focasse nos muros e calçadas ou que os pilotos focassem nos gramados ou nas linhas de demarcação de limite lateral de pista e não na linha central. O que aconteceria?

      Quando falamos na parte relacionada ao mundo material, parece que nos saímos relativamente bem em relação ao foco correto, o problema é em relação à mente, pois parece até um hábito o foco no que queremos evitar e não o contrário. Mudar isso não é fácil, exige muita disciplina, interesse e persistência, mas é algo que vale a pena.

      Um excelente ano à você também!

      Excluir
  2. "Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo. "

    é um problema eterno do ser humano.

    abç!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Scant Tales,

      Gostei por ter citado Paulo, você disse tudo.

      Abraços,

      Excluir
  3. Excelente, Rosana!

    Focar naquilo que se quer construir é preencher a mente, as lacunas do espaço e do tempo, com atitudes propositivas, e não meramente preventivas. Muito bom!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme,

      Eu não havia pensado nisso, mas acredito que a palavra-chave para o tema é preencher.
      Precisamos preencher a mente com o que queremos alcançar, com o que realmente importa para nós para obtermos bons resultados futuramente.

      Abraços,

      Excluir
  4. Ah minha amiga Rosana, como gostaria de conseguir!
    Meus pensamentos inquietos me enlouquecem! Tento ordena-los, mas tem sido vão. Sabe do que falo.
    Beijos, Deus te guarde sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Edna,

      Como dizem, muitas vezes somos nosso maior inimigo. O que você disse parece muito com a Síndrome do Pensamento Acelerado, tema estudado por Augusto Cury.
      Não sei se conhece o livro "Ansiedade" desse autor. Vale a pena ler. Assim como "O poder do Agora", de Eckhart Tolle - esse para mim, foi do tipo divisor de águas, aquele tipo de leitura que te leva a refletir: como é que não pensei nisso antes?
      Acho que ambos podem te ajudar muito no sentido de ter mais controle sobre seus próprios pensamentos.
      Que tal colocar como meta para 2018 essa questão dos pensamentos inquietos? Você vai perceber que mente clara gera pensamentos mais claros e mente confusa resulta em pensamentos confusos.

      Que Deus também te guarde sempre!

      Abraços,

      Excluir
  5. Ter FOICO é sempre importante e nos ajuda anão nos perder nos caminhos... beijos, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem toda razão, Chica. Sem foco, jamais chegaremos ao lugar que pretendemos.

      Feliz 2018!

      Excluir