terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

There’s no touch screen!


Imagine crianças de até 13 anos entrando em contato pela primeira vez com o primeiro IPod, lançado em 2001.

Pelo semblante de todos, o objeto em questão parecia até coisa de outro mundo – o que para eles, não deixa de ser verdade.

Surpresos, não sabiam o que fazer, como ligar, como fazer o IPod funcionar. Procuravam por funções inexistentes, como fotos e vídeos. Vários apertaram a tela, que obviamente não respondia aos comandos. Então, tentavam outras maneiras, sem obter sucesso.

Para mim, o destaque foram as meninas, que tentaram, tentaram, mas como a tela não funcionou mesmo, exclamaram admiradas: There’s no touch screen!

A tecnologia deu um salto tão grande, principalmente nas últimas duas décadas, que o analógico ainda tão comum para muitos de nós, é algo até surreal para as novas gerações, principalmente em países desenvolvidos.



Até a próxima!




10 comentários:

  1. Incrível ver como eles não saberiam viver em outros tempos,rs...beijos, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica,

      Bom saber que gostou do vídeo. :)

      Abraços,

      Excluir
  2. Coisas naturais da evolução.
    Até algumas décadas atrás o principal meio eletrônico de comunicação era o rádio.
    O rádio só era acessível a pessoas de bom poder aquisitivo, coisa fina mesmo.
    Depois veio a TV que no início mais parecia um móvel. E assim por diante.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Você tem toda razão. Além disso, o desenvolvimento da tecnologia facilita muito nossas vidas, não é?

      Abraços,

      Excluir
  3. Olá Rosana,

    Já assisti a vários vídeos dessa série. É bem interessante mesmo.

    Mas como já falado acima, é natural que isso aconteça, principalmente agora que a evolução tecnológica está mais acelerada ainda.

    Abçs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investidor Internacional,

      Bom saber que também gostou dessa série. Com tamanha evolução tecnológica, os bebês de hoje talvez achem os tablets e celulares algo pré-histórico. rsrsrs

      Bom domingo!

      Excluir
  4. Hehe, muito bom! Não conhecia a série. Vou assistir mais depois.

    É impressionante como a tecnologia evolui muito rapidamente nas últimas décadas, algo que nunca aconteceu no mundo. Gosto muito de literatura histórica das sociedades, e é incrível quando percebo que desde Roma até o Renascimento (em 1500 anos) pouca coisa mudou no mundo no campo tecnológico. Talvez o progresso que tiveram nesses 1500 anos assemelha-se ao nosso progresso dos últimos 10 anos. Impressionante!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André,

      Legal você ter gostado da série! Há muitos videos interessantes, inclusive uma série com adolescentes.

      Quem poderia imaginar que em tão pouco tempo, a tecnologia evoluiria tanto, não é? Realmente impressionante! :)

      Bom domingo,

      Excluir
  5. Engraçado, a velocidade a que tudo evolui, hoje em dia... um objecto, que era a grande novidade na época... já estará totalmente ultrapassado... sendo do desconhecimento total, da gerações mais novas...
    Acho que isto nos transmite uma sensação, de que tudo é rapidamente descartável... e no fundo, acho que essa mentalidade está a ser mesmo assimilada, a nível generalizado... será o lado negativo do progresso... a reflectir-se também nas relações humanas...
    Um vídeo bem interessante, que nos dá imenso, sobre o que pensar!...
    Beijinho
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,

      Gostei muito do seu comentário.
      Eu não havia feito essa relação com o descartável, pensei mais na evolução da tecnologia.
      Você tem toda razão: a cultura do descartável ultrapassa os limites dos objetos e está cada vez mais forte nas relações humanas. Sem dúvida um lado muito negativo, para o qual precisamos estar muito atentos.

      Abraços,

      Excluir