terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Os 5 posts mais acessados do ano


Top 5

Pela primeira vez resolvi reunir aqui os 5 posts mais acessados do ano, apresentados aqui em ordem cronológica.

Reflexão - Tecnologia
http://simplicidadeeharmonia.blogspot.com.br/2015/01/reflexao-tecnologia.html

Geração analgésico
http://simplicidadeeharmonia.blogspot.com.br/2015/01/geracao-analgesico.html

Modernidade superficial e descartável
http://simplicidadeeharmonia.blogspot.com.br/2015/05/modernidade-superficial-e-descartavel.html

Obsolescência programada - você sabe o que é?
http://simplicidadeeharmonia.blogspot.com.br/2015/05/obsolescencia-programada-voce-sabe-o.html

Quando a realidade supera a ficção
http://simplicidadeeharmonia.blogspot.com.br/2015/09/quando-realidade-supera-ficcao.html



Gostaria de agradecer as visitas ao blog, que passaram de 17 mil, e também desejar à todos um Feliz Natal e um Próspero 2016, com mais simplicidade e harmonia em nossas vidas!

 
 

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Produto de US$ 2 taxado em 440%?


Comprei uma mini máquina de costura do Aliexpress em setembro por US$2,11.
Às 16:30 horas do dia 25/11 recebi o desagradável “aviso de chegada” da empresa postal brasileira. 

Detalhe: a partir do dia seguinte começaria a cobrança por armazenamento, sendo que já havia uma taxa de R$ 12,00 relacionada a “preços postais”. E tributos alfandegários de R$ 23,47. Valor total: R$35,47.
Em valores atuais, o produto sairia R$ 8,00. E R$35,47 de taxas? Quase 440% só de impostos!

Alguém consegue me explicar esse valores absurdos? Ou eles são inexplicáveis mesmo?

Os impostos de importação não são de no máximo 60%? Isso daria R$ 4,80 e não R$35,47.


Impostos

 
Esse foi o primeiro absurdo. Agora vamos ao segundo.
A agência indicada fica em um tal Shopping Raposo Tavares, distante aproximadamente 16 km do endereço de entrega do produto! Para quem conhece o trânsito e o eficiente transporte público da cidade de São Paulo,  sabe que isso significa no mínimo 4 horas só de trajeto. Isso, com sorte.



Telefonei na central da empresa postal (já esperando por muita eficiência...) e o atendente me informou que essa era a agência mais próxima da minha residência para produtos internacionais. 
Se fosse no interior do Amazonas, a informação teria até compreensível, mas na maior metrópole do Brasil e uma das maiores do mundo?  
Embora estejamos em pleno século XXI e em uma época de grande desenvolvimento tecnológico, parece que estamos parados no tempo. E quem fica parado, na verdade está regredindo.


Atualização: um colega comprou uma camiseta de basquete de US$12,00 no Aliexpress e recebeu o "aviso de chegada" com o mesmo valor de taxas que eu. A única diferença foi a agência postal ser bem mais perto do endereço de entrega.
Será que há um "padrão" de valor mínimo de taxas independentemente do valor do produto?



Há uns 12 anos ganhei alguns pares de baquetas Vic Firth em um sorteio. Quem toca bateria sabe que essas são uma das melhores baquetas do mercado. E a série Signature é ainda mais cara do que as tradicionais A5 e A7. Como a encomenda veio dos USA, recebi o mesmo “aviso de chegada", com duas diferenças relevantes:
1) O imposto foi de aproximadamente R$ 60,00. Achei caro, mas estava dentro da lei.  Além disso, eram baquetas Vic Firth!
2) A agência postal era realmente a mais próxima da minha residência, uns 2 quilômetros de distância.



Sinceramente, não sei o que aconteceu com esse país, que parece estar regredindo a passos largos, principalmente se considerarmos a globalização, o advento da tecnologia e o aumento da competitividade. Em relação à competitividade, por que será que muitos brasileiros preferem comprar produtos na China e esperar entre 2 a 3 meses para recebê-los?
Cito 3 fatores que considero os principais:
1) O preço é consideravelmente menor;
2) A variedade é muito maior;
3) Há muitos produtos com frete grátis.

Aqui, além dos impostos em excesso, o valor do frete é absurdo e a demora na entrega não vale o valor pago por ela. Em outras palavras, pagamos muito e recebemos muito pouco em troca.

É justo e coerente o governo querer fortalecer a economia nacional. Mas é injusto cobrar 440% de impostos e taxas. Vi relatos na internet de produtos de US$ 100,00 taxados em mais de mil reais. Produtos de US$3,00 taxados em 60 reais. Que país é esse?

No final das contas, somos duplamente penalizados:
1) por termos uma das mais altas cargas tributárias do mundo;
2) por não recebermos nem o mínimo em contrapartida, que ao meu ver seriam educação de qualidade, cidades planejadas, segurança, transporte público eficiente e
saúde pública decente. Em relação principalmente a esses três últimos, há rotineiramente a nulidade da dignidade humana.

Uma pena o Brasil ter se transformado no que é hoje...

Brasil... o país do futuro. De um futuro que já passou, mas paradoxalmente nunca chegou por aqui.
As capas da The Economist de 2009 e 2013 dizem tudo.
Na primeira está escrito: "O Brasil decola". Na segunda, "O Brasil estragou tudo"?
The Economist


Encerro com uma frase do artigo “O fim do Brasil”, da Empiricus. Quem quiser ler, veja aqui:
http://www.empiricus.com.br/o-fim-do-brasil/

Em entrevista recente ao Valor Econômico, Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central, falou assim:
“O brasileiro gosta do seu país, gosta de morar aqui, de investir aqui. Mas o grau de incerteza hoje é tal que as pessoas estão pensando em investir fora do Brasil, estão pensando até em sair do Brasil. Há um medo que vai além da economia, é medo político também. Há uma sensação de medo que as pessoas não têm coragem de manifestar abertamente. Medo de uma atitude contra a liberdade de imprensa, contra a democracia.”


Pena que pelos motivos mais diversos, nem todos os que querem, podem realmente sair do Brasil como ele disse...


Créditos da imagem Impostos: Stuart Miles - Free Digital Photos
Capas da revista The Economist - Jornalismo Econômico (Uniritter)

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Silêncio e trabalho



Atualmente fala-se muito em produtividade, mas ao mesmo tempo e de forma crescente, somos afetados pelos mais diversos tipos de interrupção. E quando isso acontece, demora-se um pouco para retornar ao estado anterior de concentração. Dessa forma, a produtividade é muito prejudicada.
A vida moderna proporcionou muitas facilidades, mas também muitas contradições. 
Espero que as gerações futuras encontrem uma solução para esse e para tantos outros paradoxos da atualidade. 

Para mim, essa é uma daquelas frases que dispensa comentários.

Aqueles que têm um grande autocontrole ou que estão totalmente absortos no trabalho falam pouco. Palavra e ação juntas não andam bem.
Repare na natureza: trabalha continuamente, mas em silêncio.
Mahatma Gandhi


Girafas


Créditos da imagem: satit_srihin - Free Digital Photos


sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Reflexão


Celular


Nota: Não sei quem é o autor dessa imagem. Se você souber, por gentileza, me avise para eu colocar os devidos crédito no post.
Desde já agradeço!


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Convivendo com pessoas difíceis


Gostei muito do artigo do Rubens Lessa sobre esse assunto, que de alguma forma, faz parte da vida de todos nós.
Transcrevo aqui os trechos que mais chamaram a minha atenção. Se quiser ler o artigo na íntegra, acesse o site e procure a edição de janeiro de 2014: www.revistaadventista.com.br/


Pessoas

'Há vários tipos de pessoas-problema. Elas existem no ambiente da família, na escola, no trabalho e na igreja. Às vezes, você e eu nos cansamos desse tipo de gente. No entanto, a voz da consciência nos diz:
“Aguentem um pouquinho mais!”
Mas será que vale a pena fazer esse esforço adicional para lidar com pessoas do tipo pessimista, insistente, juiz, cobrador, melindroso, sabe-tudo, intrometido, mandão, criticador?

Certamente, nossa natureza pecaminosa está sussurrando aos nossos ouvidos:
“Não vale a pena; ignorem essas pessoas!”
Não é assim que reagimos? Somos muito parecidos, não é verdade?

O pessimista enche nossa taça com sua dose de derrotismo.
O insistente toma nosso precioso tempo, testando nossa capacidade de autocontrole.
 O intrometido não conhece o lugar que lhe convém e mete o bico onde não deve.
O mandão gosta de dar ordens, de dominar a situação. 

E o criticador? Esse vê defeito em tudo e em todos. É devassador da privacidade alheia.

Como devemos agir ao lidar com pessoas difíceis?
É possível ajustá-las ao nosso gosto e padrão? Confesso que, ao longo dos anos, tentei inutilmente mudar o comportamento de algumas pessoas, e isso me deixou frustrado. Mas, certo dia, fiz uma grande descoberta: a pessoa mais difícil do mundo era (e ainda sou) eu!
Percebi que, ao me incomodar com os traços negativos dos outros, eu estava indiretamente dizendo: como sou complicado!
Descobri que vários defeitos que eu detestava naquelas pessoas, faziam parte do meu próprio perfil.

Após minha tardia constatação, passei a ser menos severo com as pessoas. Mas estou apenas pisando o primeiro degrau dessa escada. Mesmo assim, noto que essa pequena mudança de atitude já está aliviando o fardo que tanto me incomodava.

O apóstolo Paulo, que lidou com indivíduos complicados, aconselhou: “Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns com os outros.
Perdoem como o Senhor lhes perdoou. Acima de tudo, porém, revistam-se do amor, que é o elo perfeito” (Cl 3:13, 14, NVI).
Quando lidamos adequadamente com as pessoas, elas não se afiguram tão difíceis e complicadas. Além disso – sob a influência transformadora do Espírito Santo –, somos capacitados a desejar o bem delas, em vez de apenas suportá-las.'

Feliz sábado!



Créditos da imagem: Vlado - Free Digital Photos


terça-feira, 8 de setembro de 2015

Quando a realidade supera a ficção


Uma imagem que diz tudo.
Uma imagem difícil de assimilar, de aceitar... 

Aylan Kurdi

Em pleno século XXI a humanidade ainda age com brutalidade e comete atrocidades absurdas.
Sempre me questiono se estamos realmente evoluindo e com tantos acontecimentos ruins, a impressão que tenho é que a humanidade regride a passos largos. Felizmente uma boa parte ainda caminha na direção do crescimento, da paz, na esperança em transformar o mundo ao seu redor em um lugar um pouco melhor para se viver.

Parece que a humanidade está passando por uma crise de valores aguda ao mesmo tempo em que está cauterizada com o sofrimento alheio. Vivemos em um mundo no qual a riqueza e o poder parecem ser as coisas mais importantes da vida.
E então, mais um fato lamentável, daqueles que acontecem de tempos em tempos e mexem profundamente com as pessoas, embora a crise no Oriente Médio e África se estendam há tempos.

Por que tanta comoção em torno de Aylan Kurdi quando muitos morreram e continuam a morrer diariamente tentando desesperadamente sair das zonas de conflito?


Aylan Kurdi
Nos identificamos com a tragédia por ela apresentar um rosto, ser personificada. Por isso, se torna algo pessoal para nós.
Aylan Kurdi

Há uma história que chegou até nós sobre a vida dessa criança, que se parece com tantas que conhecemos ou até com um de nossos filhos, netos, sobrinhos ou conhecidos.













Cenas de crianças sendo maltratadas é algo que nos deixa incomodados, mas crianças mortas é algo insuportável, algo que vai muito além do incômodo de ver a imagem em si. É algo que não dá para ver e simplesmente desligar a mente no momento em que desligamos a tv ou o computador. A imagem "gruda", como essa deve ter "grudado" na mente de muitas pessoas. Talvez pela sensação de impotência, de injustiça, do instinto de sobrevivência que todos temos. Algo muda em nós e de certa forma, nos muda para sempre. Com o tempo, a imagem na mente e os sentimentos relacionados à ela suavizam, mas como cicatrizes, nunca são apagadas completamente. De certa forma, fatos tão tristes como esse, podem nos levar à reflexão sobre nossas próprias vidas, sobre como tratamos quem mais amamos, se aproveitamos nosso tempo com sabedoria e tantas coisas afins.


Infelizmente, no plano político muitos governos agem de forma bem mais lenta do que a esperada, muitos por omissão explícita e muitos jogando o problema para outros, como se fosse apenas um inofensivo jogo de batata-quente...

Até quando?


Aylan Kurdi

Fonte da montagem:

Artistas homenageiam Aylan Kurdi
Outras fotos: sites de noticias de vários países

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Momento de dar uma pausa


Ampulheta
 
Devido à outras demandas, ultimamente não tenho me dedicado tanto ao blog quanto gostaria. Por isso, a frequência das postagens diminuirá por enquanto.
 

Vivemos em um mundo altamente tecnológico, mas ao mesmo tempo muito paradoxal, pois o que deveria facilitar nossa vida, muitas vezes acaba tornando-a mais complicada. Estamos conectados demais, encapsulados demais, robotizados demais, estressados demais, fatigados demais...
...e com apenas migalhas de tempo para viver, no amplo sentido da palavra. 


Falta-nos tranquilidade, alegria e paz em um mundo que prioriza o ter e não o ser. É aqui que a simplicidade tem um papel muito importante, pois ajuda-nos na construção de um estilo de vida mais simples e em harmonia com nossa própria essência.

Agradeço à todos os visitantes pelas mais de 15 mil page views e espero que, de alguma forma, o blog tenha despertado a atenção dos leitores para a simplicidade, tão importante, mas tão escassa atualmente.

Abraços!


Créditos da imagem: Graphics Mouse - Free Digital Photos



terça-feira, 14 de julho de 2015

Reflexão


Animais


Nota: Não sei quem é o autor dessa imagem. Se você souber, por gentileza, me avise para eu colocar os devidos crédito no post.
Desde já agradeço!


terça-feira, 7 de julho de 2015

O tipo psicológico e suas interferências na relação do casal


Uma explicação didática e bem divertida da Teoria Bipolar de Jung, com foco no relacionamento do casal.
Vale muito a pena ver!


terça-feira, 30 de junho de 2015

A importância do sono


Dormir aproximadamente 8 horas por noite parece até uma anormalidade para muitas pessoas, pois isso significa passar 1/3 da vida dormindo. A sociedade atual, acometida por tantas doenças físicas e psicológicas mostra que algo não vai bem e muitos de todos esses distúrbios estão relacionados exatamente a crença de que dormir é perda de tempo. É no sono que nosso organismo se recupera de muitos dos estragos e excessos que cometemos durante o dia, além de executar suas tarefas rotineiras.

Dormir

Gostei muito de um artigo do site FundaSono, do qual coloco alguns trechos abaixo. Quem quiser ler o artigo na íntegra, o link está no final.


Os seres humanos, assim como todos os animais, devem alimentar-se e descansar o suficiente para recuperar as energias e garantir uma vida saudável. Para assegurar sua sobrevivência, homens e animais sentem fome, sede e sono, desde que o mundo é mundo.

Fome, sede e sono são sinais emitidos pelo organismo de que está na hora de repor as energias, seja através dos alimentos, da água ou de uma boa noite de sono. Sim, dormir bem é tão essencial à vida quanto uma boa alimentação!

Não é à toa que nós, seres humanos, passamos aproximadamente um terço de nossas vidas dormindo. Isto não significa que todo o organismo esteja em repouso. Pelo contrário! Nosso cérebro – que não descansa nunca – está em ação, preparando o corpo para mais um dia.

Enquanto dormimos passamos por uma intensa atividade fisiológica e funcional. É a hora em que o cérebro coordena a produção de hormônios e de outras substâncias necessárias para nosso bom desempenho no trabalho, na escola, no lazer, enfim, em todas as atividades que realizamos no dia-a-dia. 



Veja o que acontece enquanto você dorme
Funções cardiovasculares
A pressão arterial diminui, chegando a seu mínimo na fase NREM. Durante o sono REM as freqüências cardíaca e respiratória sofrem variações.

 Liberação de hormônios
 1. As glândulas hipotálamo e hipófise são responsáveis pela união entre os processos de produção e liberação hormonais e o sono. Por exemplo, na infância cerca de 90% do hormônio do crescimento é liberado durante o sono. Crianças que têm dificuldade para dormir têm mais chance de ter problemas no seu desenvolvimento físico.
§  Para quem não está em fase de crescimento, esse hormônio atua garantindo maior disposição física e motivação para as atividades diárias. Contribui para a eliminação de gordura, redução da flacidez dos músculos e da fragilidade dos ossos. Portanto, o sono também age contra o envelhecimento e o desgaste do organismo.

2. Outro hormônio liberado durante o sono é a prolactina, que estimula o crescimento das glândulas mamárias e da produção de leite. O TSH (Hormônio Estimulante da Tireoide) também é liberado enquanto dormimose controla a atividade da tireóide, outra importante glândula.

3. O hormônio cortisol que, entre outras funções, é responsável por fazer as pessoas despertarem, tem seu pico de liberação no início da manhã. A privação do sono pode alterar o ritmo de sua liberação, gerando efeitos semelhantes aos causados pelo stress, como, por exemplo, a hiperatividade e a ansiedade.

Temperatura corporal
Durante o sono NREM a temperatura corporal é regulada automaticamente.

Memória
A pessoa que não dorme bem geralmente tem problemas para se lembrar de fatos e nomes de pessoas. Fica mais distraída e, às vezes, sente aquele “branco”, esquecendo-se de detalhes sobre o assunto do qual está falando. Por mais que tente, não consegue se lembrar. Isto porque o sono interfere na regulação térmica do cérebro, função fundamental para o desempenho dos mecanismos de memória. Tanto no sono REM como no NREM são consolidadas as memórias do que aconteceu durante o dia. Por exemplo, se você tem uma prova e estudou durante o dia, vai ter tudo isso gravado no cérebro durante o sono. Ou seja, se não dormir bem, terá dificuldades para se lembrar do que estudou no dia anterior, mesmo que “vire” a noite estudando as mesmas matérias.

Defesa do organismo
Durante o sono, o corpo libera os interleucinas, que são proteínas naturais importantes para a ativação dos linfócitos. Os linfócitos, por sua vez, são integrantes dos sistemas de defesa do corpo contra as bactérias e os vírus.

Apetite
O apetite equilibrado também está ligado ao sono. Quando se está dormindo é liberada uma grande quantidade de leptina, o hormônio que age principalmente no controle do apetite, no aumento do gasto energético e no metabolismo da glicose e das gorduras.




Males provocados pela privação do sono
Por tudo o que já foi dito até agora, vemos que desfrutar de um bom sono é essencial à saúde. Isto porque a falta de sono ou o sono não reparador compromete seriamente vários processos metabólicos fundamentais para o equilíbrio de todo o organismo a curto, a médio e longo prazo.
Quem dorme menos do que o necessário tem menor vigor físico, envelhece mais rapidamente, fica mais propenso a infecções, obesidade, hipertensão e diabetes. 



Quantas horas precisamos de dormir?
Esta é uma característica de cada pessoa, ou seja, não é igual para todo mundo. Há quem necessite dormir mais e aqueles que dormem menos. Normalmente um adulto precisa dormir em torno de 8 horas por noite. Mas, mais importante do que a quantidade de horas dormidas, é a qualidade dessas horas. É preciso que o sono seja reparador, sem interrupções. Quando isso não ocorre com freqüência é sinal de que algo está errado e precisa ser corrigido para garantir a qualidade de vida e a segurança da pessoa.
 Para crianças e adolescentes, é indicado um período entre 9 a 11 horas de sono. Quando isso não acontece acabam aparecendo muitos problemas, alguns são facilmente percebíveis, como a irritação, o nervosismo, o cochilo durante as aulas ou até mesmo durante outras atividades do dia. Outros problemas sentidos com mais dificuldade, como o prejuízo ao crescimento, ao aprendizado e a pré-disposição para doenças como diabetes, obesidade, etc.
Cada um deve preocupar-se com o próprio sono, verificar se está acordando descansado – ou não – se tem muito sono durante as aulas, ou nas atividades diárias, ou após o almoço. Percebido o problema, os pais, professores ou médicos especialistas em sono devem ser procurados porque a duração do sono é uma característica individual, mas a qualidade do sono é fundamental para uma vida saudável.



Afinal, como saber se dormimos bem?
É simples. Basta prestar atenção em você mesmo. Se você está sempre bem disposto durante o dia, no trabalho, na escola e nos momentos de lazer é sinal de que o seu sono é bom e está realmente repondo suas energias. Caso contrário é sinal de que algo está errado e precisa ser corrigido para garantir sua qualidade de vida e a segurança da pessoa.



Fonte do texto em itálico: FundaSono
Créditos da imagem: Stuart Miles - Free Digital Photos







 


terça-feira, 23 de junho de 2015

Conta e Tempo Conta e Tempo


Deus pede hoje estrita conta do meu tempo,
E eu vou, do meu tempo dar-Lhe conta.
Mas como dar, sem tempo, tanta conta,
Eu, que gastei, sem conta, tanto tempo?

Para ter minha conta feita a tempo,
O tempo me foi dado e não fiz conta.
Não quis, tendo tempo fazer conta,
Hoje quero fazer conta e não há tempo. 
 
Oh! vós, que tendes tempo sem ter conta,
Não gasteis vosso tempo em passatempo.
Cuidai, enquanto há tempo em vossa conta.
 
Pois aqueles que sem conta gastam tempo,
Quando o tempo chegar de prestar conta,
Chorarão, como eu, o não ter tempo.

(Frei Antônio das Chagas, 1631-1682)
 
 

Life Sandglass

 Créditos da imagem:  Sira Anamwong - Free Digital Photos


terça-feira, 2 de junho de 2015

Por que os cães têm olhos verdes nas fotos?


Acho que todos já repararam que os olhos dos cães saem verdes em fotos com flash enquanto os nossos saem vermelhos. Isso acontece por causa do Tapetum Lucidum, que está bem explicado nessa matéria do portal Terra:


Por que os cachorros ficam com os olhos verdes nas fotos? Isso sempre acontece com o meu cachorro.
Ana Paula


Cachorro

Esse fenômeno não acontece só com os cachorros, mas também com gatos, leões, texugos e muitos outros animais quando tiramos uma foto com flash em um local de baixa luminosidade. É o mesmo processo que ocorre quando uma pessoa sai com os olhos vermelhos em uma foto.

A diferença de cor é explicada por estruturas de olhos diferentes. Nos seres humanos, a luz do flash penetra no balão ocular através da retina e se reflete na parede posterior do olho, mostrando a cor avermelhada que vem da irrigação sanguínea dessa parte do olho.

Alguns animais, como os cachorros, têm uma membrana situada na parte interna do olho chamada Tapetum Lucidum, que reflete a luz que passa pela retina dentro do olho, fazendo com que passe duas vezes pela retina. Alguma luz refletida pelo Tapetum Lucidum não é captada pelos receptores retinianos e é refletida para fora das pupilas.

A estrutura permite que os animais tenham melhor visão em locais poucos iluminados ao dar a chance da retina absorver a luz duas vezes. O Tapetum Lucidum é brilhante e pode ter várias cores, como verde, amarelo ou azul.

Os gatos siameses não têm esta membrana, e seus olhos poderão aparecer vermelhos em fotos. Este fenômeno também pode ser percebido quando, no escuro, os olhos dos cachorros são iluminados por uma lanterna.
por Redação Terra



Fonte: http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI262215-EI1426,00-Por+que+os+caes+tem+olhos+verdes+nas+fotos.html
Créditos da imagem: patrisyu - Free Digital Photos





terça-feira, 26 de maio de 2015

Obsolescência programada - você sabe o que é?


Muitos produtos tem uma data de validade, embora a maioria das pessoas não saiba disso.
A lâmpada incandescente é um dos exemplos clássicos quando se fala em obsolescência programada. Ela foi projetada para durar muito mais com um filamento de tungstênio mais resistente, mas dessa forma, o consumo continuaria até hoje sendo muito menor, o que não é interessante do ponto de vista industrial e econômico.
Outro produto que considero fazer parte desse rol são os talheres. Você já reparou que os talheres antigos duravam muito mais, passando de geração em geração? As facas de mesa atuais em pouco tempo ficam feias, quebram ou não cortam mais nada.

Talheres


Esse vídeo é esclarecedor, vale muito a pena salvar nos Favoritos para ver depois, já que ele é longo, com 52 minutos.


Vídeo: Obsolescência Programada


Boa semana!

Créditos da imagem: Sirichai - Free Digital Photos

terça-feira, 19 de maio de 2015

Uma frase que dispensa comentários


"Por que consideramos a passagem do tempo decadência e não transformação?"
Lya Luft

Estágios da vida


Créditos da imagem: Sira Anamwong - Free Digital Photos

terça-feira, 5 de maio de 2015

Modernidade superficial e descartável


Vivemos em uma época na qual a falta de tempo, o consumismo, a falta de sentido e a superficialidade são tão intensos como nunca antes.
Qualquer tempo vazio é chamado de tédio. Ninguém quer perder tempo com o nada, mas olvida-se que esse estado de repouso cerebral é fundamental para a geração de criatividade e reflexão.

A era das redes sociais fez com que muitas pessoas preferissem postar suas fotos em momentos agradáveis em vez de vivê-los intensa e completamente. Mas será que essas postagens não estão mais relacionadas com o ego, com o desejo intrínseco de estar em evidência, de ser melhor do que o outro, de ser de certa forma invejável, tudo isso na ânsia de receber o maior número possível de curtidas ou elogios?

E fico pensando: até onde o pós modernismo vai nos levar, com a ruptura dos valores, regras e princípios; o narcisismo exacerbado das selfies e das redes sociais; a utópica pretensão de derrubar o muro necessário que separa o real do virtual; o hedonismo e o imediatismo? 
Em relação ao imediatismo, basta reparar ao redor para ver como as pessoas estão a cada dia mais impacientes e com a atenção prejudicada devido a imensa quantidade de estímulos visuais e auditivos, o que resulta em cansaço cerebral que por sua vez ocasiona fadiga, sonolência, irritabilidade, baixo limiar para contrariedades e muitos outros sintomas físicos e psicológicos.
Se aquele aviso do whattsapp tão frequente é cansativo até para quem não tem esse aplicativo, imagine para quem tem? Em minha opinião, as pessoas acreditam que são livres, mas no fundo se tornaram escravas desse tipo de tecnologia, que veio para facilitar a vida e não complicá-la ainda mais. Na realidade, nos tornamos escravos de muitas coisas, mas não percebemos. Pense nisso.

Less is more
Menos é mais

A cada dia percebo que a expressão "menos é mais" é mais abrangente do que eu imaginava e que vivermos o momento presente com consciência de que ele é o único que realmente possuímos de verdade, são possíveis chaves para não nos deixarmos levar pela correnteza forte e intensa do consumismo e da superficialidade atuais.


Compartilho abaixo um excelente texto sobre o assunto, o qual me inspirou a escrever mais uma vez sobre esse tema:
Gente que vira coisa - Talita Borges Castelão
Se o link não funcionar, acesse o site abaixo e procure a edição de fevereiro de 2015: www.revistaadventista.com.br/


terça-feira, 28 de abril de 2015

Contemplo


Hoje eu gostaria de compartilhar um belo poema escrito por Miguel Lucas, do site Escola Psicologia. É um daqueles poemas para ser lido lentamente, saboreando, refletindo e sentido cada frase.


Contemplo,

Fico uno com a natureza,

Aproximo-me da sua grandeza,

Relativizo as questões da vida, por momentos pertenço a algo grandioso,

Inspiro, expiro e vivo um momento encantado,

Deslumbro-me, olho para dentro e sinto a liberdade a apoderar-se de cada célula do meu corpo,

Um corpo que sente a brisa do vento, que desvenda as nuances das cores, o chilrear dos pássaros,

Permaneço imóvel,

A tranquilidade é alimento para o espírito,

Os pensamentos lentificam-se,

Quero ficar ali, simplesmente ficar,

Como é bom vivenciar a grandiosidade da unificação com a natureza,

Sempre ali, pronta a oferecer a melhor das recordações,

Sempre ali ávida para interagir na minha experiência,

Inspiro e expiro,

A cada momento sou abençoado por algo que me é dado sem ter que dar nada em troca,

Mas eu troco, apercebo-me que troco olhares, respirações, sensações que me permitem experienciar algo que não tem preço,

Sinto-me leve, livre, energizado e preenchido,

Ali fico a contemplar.


Miguel Lucas

Liberdade


Créditos da imagemmarkuso - Free Digital Photos


terça-feira, 21 de abril de 2015

O poder do exemplo 3


Gostei tanto das ideias do livro Deixe um legado, do Paulo Kretly, sobre a força do exemplo, que gostaria de compartilhar mais uma com vocês.

Time to change

"Você já parou para pensar quantas pessoas pode estar influenciando?
Você já parou para pensar que espécie de influência pode estar gerando?
Reflita um pouco sobre essas duas perguntas.

Estejamos ou não conscientes disso, o fato é que sempre estamos exercendo algum tipo de influência sobre alguém: filhos, cônjuges, parentes, amigos, colegas de trabalho, funcionários, colaboradores... 


...
 

Tudo o que fazemos e dizemos exerce determinado efeito sobre os outros, e a recíproca é verdadeira: o que os outros fazem e dizem também nos afeta. O problema é que, de forma geral, somos muito mais conscientes da forma como os outros nos afetam  do que da maneira como afetamos os demais.
 

...
 

O melhor termômetro para avaliar o exemplo que você está passando aos outros é a forma como eles reagem a você. E as reações aos exemplos positivos são inequívocas: elas se traduzem em apoio, cooperação e respeito."


Pense nisso!



Créditos da imagem: Stuart Miles - Free Digital Photos

terça-feira, 14 de abril de 2015

Criatividade


Um dos principais atributos do ser humano consciente é a criatividade.
O poder criativo está relacionado principalmente à energia da confiança, da auto-estima e do amor próprio.


Pintura

Aqueles que não tiveram em sua infância um estímulo permanente para criar coisas novas, experimentar novos talentos e capacidades, crescerão, fatalmente, medrosos, inseguros e dispostos a ouvir sempre a orientação dos outros para seguir adiante na vida.
O medo de experimentar deriva da idéia de que não se dispõe de poder criativo, de capacidade para criar capaz de despertar interesse e admiração.
 

Todo ser humano carrega dentro de si a capacidade de criar, seja o que for.
O poder criativo é inerente a nós, embora para muitos a vida a princípio negue as oportunidades de descobrir esse poder em seu interior.
Mas mesmo que não tenhamos tido incentivos adequados em nossa formação, sempre é tempo de descobrirmos em nós a capacidade de criar novas circunstâncias em nossa vida.
 

O passo essencial é acreditar que sempre existe um talento oculto em nosso interior, que nada tem a ver com as expectativas que os outros colocam em nós. A criatividade só se manifesta quando nos dedicamos a algo que vem ao encontro ao que nossa alma e nosso coração anseiam por realizar.
Quando prestamos atenção a esse anseio que habita dentro de nós e começamos a segui-lo, descobrimos finalmente nosso poder criador, que se manifesta sempre que realizamos algo em sintonia com o nosso ser interior. 


Alegria, paixão e entusiasmo são os termômetros que nos indicam se estamos no caminho certo.
Não se acomodar e estar sempre disposto a descobrir o que o faz verdadeiramente feliz é o caminho mais certo para despertar a poderosa chama da criatividade.


(Elizabeth Cavalcante)



Créditos da imagemfotographic198 - Free Digital Photos

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Amar Como Jesus Amou


Ah! Se conseguíssemos colocar em prática ao menos um pouquinho do que é proposto no refrão dessa música o mundo seria muito, muito melhor!
Espero que gostem!






Amar como Jesus amou
Padre Zezinho
 

Um dia uma criança me parou
Olhou-me nos meus olhos a sorrir
Caneta e papel na sua mão
Tarefa escolar para cumprir
E perguntou no meio de um sorriso
O que é preciso para ser feliz?

Amar como Jesus amou
Sonhar como Jesus sonhou
Pensar como Jesus pensou
Viver como Jesus viveu
Sentir o que Jesus sentia
Sorrir como Jesus sorria
E ao chegar ao fim do dia
Eu sei que dormiria muito mais feliz


Ouvindo o que eu falei ela me olhou
E disse que era lindo o que eu falei
Pediu que eu repetisse, por favor
Mas não dissesse tudo de uma vez
E perguntou de novo num sorriso
O que é preciso para ser feliz?

Depois que eu terminei de repetir
Seus olhos não saíram do papel
Toquei no seu rostinho e a sorrir
Pedi que ao transmitir fosse fiel
E ela deu-me um beijo demorado
E ao meu lado foi dizendo assim

Amar como Jesus amou.





Feliz sábado!








terça-feira, 7 de abril de 2015

Um instante de vida que poderia durar um pouco mais


Um video sensacional, do qual não há muito o que dizer.
Tenho quase certeza de que no final, você concordará com as palavras do professor Clóvis.


terça-feira, 31 de março de 2015

Como vemos o mundo?


Eu acho que esse desenho resume de forma bem realista nossa maneira de aproveitar o agora.
Não dá nem para comparar com a visão de momento do nosso amigo "irracional".
No final das contas, quem será que leva a melhor nisso tudo?


Pensamentos

Nota: Não sei quem é o autor dessa imagem. Se você souber, por gentileza, me avise para eu colocar os devidos crédito no post.
Desde já agradeço!


sexta-feira, 27 de março de 2015

Buscai primeiro o reino de Deus


Para mim, essa é uma daquelas músicas muito agradáveis de se ouvir.
Espero que gostem!




Buscai primeiro o reino de Deus
E a Sua justiça
Todas estas coisas vos serão acrescentadas
Aleluia Aleluia!

Nem só de pão o homem viverá
Mas de toda a palavra

Que procede da boca de Deus
Aleluia Aleluia!


 

Feliz sábado!

terça-feira, 24 de março de 2015

Reflexão


Aldous Huxley


Nota: Não sei quem é o autor dessa imagem. Se você souber, por gentileza, me avise para eu colocar os devidos crédito no post.
Desde já agradeço!

terça-feira, 17 de março de 2015

Reflexão sobre o tempo


O tempo é muito lento para os que esperam.
Muito rápido para os que têm medo. 
Muito longo para os que sofrem.
Muito curto para os que se alegram.
Mas para aqueles que amam - o tempo é eternidade.
(Henry van Dyke)

Tempo


Créditos da imagemsamuiblue - Free Digital Photos

sexta-feira, 13 de março de 2015

terça-feira, 10 de março de 2015

Um pouco de filosofia para a vida diária


Esse é um daqueles videos que valem muito a pena ver, pois nos leva a refletir sobre nossas próprias atitudes em um mundo massificado no qual a tecnologia se tornou praticamente escravizante para muitos. Além disso, o mundo barulhento está praticamente aniquilando nossa capacidade de pensar.

Vivemos em uma sociedade que praticamente perdeu a capacidade de decidir o rumo para onde quer ir, pois hoje o que importa é a quantidade de recursos dos quais dispomos e não a qualidade com a qual os utilizamos.

Imagine

Em minha opinião, uma das melhores frases do programa é:
"Será que o mundo é barulhento e por isso eu perdi a competência para pensar ou será que eu perdi a competência para pensar e por isso fabriquei um mundo barulhento para não ser obrigado a isso."


Neste programa, Gabriel Chalita conversa com o professor, escritor e filósofo Clóvis de Barros Filho. 
Como a filosofia pode ser útil para entendermos nossos comportamentos e sentimentos? Conheça essa e outras respostas neste bem humorado programa.

 



Créditos da imagem: Stuart Miles - Free Digital Photos

terça-feira, 3 de março de 2015

O poder do exemplo 4



Exemplo

Boa semana!

Nota: Não sei quem é o autor dessa imagem. Se você souber, por gentileza, me avise para eu colocar os devidos crédito no post.
Desde já agradeço!

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Série Ouse Crer - dia 4


Esse é o último video da série.
Espero que todos eles tenham sido proveitosos à vocês!


terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

O que é aquilo?

Quantas vezes não agimos da mesma forma?
Esse curto filme grego feito em 2007 é uma bela e comovente reflexão para todos nós.


terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Série Ouse Crer - dia 2

Conforme prometido na semana passada, aqui está o segundo video.
Espero que estejam gostando!





terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Crises hídrica e elétrica


Gostaria de retomar o assunto postado na semana passada.
Infelizmente quem mora em São Paulo sabe que a crise hídrica chegou para valer. E a crise de geração de energia elétrica também.
Falta de chuva? Talvez.
Captação inadequada? Sempre.
Falta de investimento em energia eólica e solar? Com certeza.

O Brasil é um dos países que tinha tudo para ser um dos melhores e mais desenvolvidos do mundo, já que possui a maior floresta e a maior bacia hidrográfica do mundo. Mas o que vemos é o descontrole total em relação ao desmatamento e a ocupação do solo em áreas de matas ciliares para a criação de gado. E dependendo do local, para a criação de moradias também.

Chega a ser surreal que um país com uma costa marítima tão extensa nunca tenha investido seriamente em energia eólica. E também em energia solar em todos os estados, pois aqui há sol em abundância praticamente o ano inteiro.

É triste e lamentável ver a que ponto chegamos...


Termino com uma reportagem que li recentemente:

Um Rio Poluído e SP sem água espantam pesquisadora


Rio Tietê
Tem um rio passando na cidade e vocês estão sem água? A pesquisadora da Universidade Stanford, na Califórnia, Newsha Ajami, comentou a crise hídrica com espanto ao se dar conta que o problema não é falta de água, mas descaso do governo, ineficiência e falta de planejamento.

Comparando a situação de São Paulo com a da Califórnia, Newsha disse ter ficado surpresa ao chegar à capital paulista e ver o rio Tietê cheio. “Nós [na Califórnia], realmente não temos água, não está chovendo e os nossos rios estão secos.”


O projeto de despoluição do rio Tietê, que corta o estado de São Paulo, começou depois da Conferência Eco-92. São 22 anos com investimentos de mais de R$ 3,6 bilhões dos cofres públicos, mas o Tietê continua sendo um dos rios mais poluídos do país.

    “É, sim, um problema nacional de seca, mas [no Estado] ele é exacerbado pela falta de gerenciamento e de soluções”, disse a pesquisadora à “Folha de S.Paulo.

Os rios brasileiros estão cada dia mais poluídos. Com o aumento da população e da falta de saneamento, sem deixar de citar o inexistente tratamento de esgotos e fossas residenciais, nossos rios agonizam. As indústrias são as maiores poluidoras, porque despejam toneladas de rejeitos químicos diretamente em seus leitos. No Brasil infelizmente não temos tantos exemplos de sucesso na despoluição de rios.


Bons exemplos vem da Inglaterra, com o Rio Tâmisa, na Inglaterra, ficou conhecido como o "Grande Fedor" quando, em 1858, as sessões do Parlamento foram suspensas devido ao mau cheiro.

O projeto de limpeza do Tâmisa começou a ser delineado em 1895. Os primeiros resultados do trabalho apareceriam apenas em 1930.
Entretanto, o crescimento da população fez com que a mancha de poluição subisse novamente o rio e o tornasse poluído na região londrina. Em 1950, o Tâmisa era considerado, outra vez, morto. A nova iniciativa do governo foi a construção das primeiras estações de trabalho de esgoto da cidade. Já na década de 70, os sinais iniciais de que os resultados estavam sendo alcançados apareceram.
Mesmo com os sinais de que a revitalização das águas do Tâmisa é garantida, a Thames Water, empresa de saneamento londrina, mantém um investimento cerrado no tratamento da água e no sistema de esgotos. O rio tornou-se um exemplo de sucesso no programa de despoluição das águas.


O rio Reno é outro exemplo de sucesso , sendo considerado no passado como dos mais poluídos da Europa. Ele nasce na Suíça e deságua no Mar do Norte banhando, assim, vários países europeus. Com a alcunha de ‘’cloaca’’ da Europa, o rio tinha suas águas sujas e com mau cheiro. Um esforço de mais de 20 anos entre a iniciativa privada e os governos dos países banhados pelo Reno, como Alemanha, Suíça e França, possibilitou a recuperação de suas águas.

Fonte do texto e da imagem: http://barrancas.com.br/um-rio-poluido-e-sp-sem-agua-espantam-pesquisadora/