Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2018

Para pensar #58

Imagem
Fonte da imagem: John Holcroft Illustrator

O gene da felicidade

Imagem
Recentemente li um artigo que saiu na Revista Veja (edição de 28 de dezembro de 2016), de Will Starr – escritor britânico.

Gostei tanto do texto, que resolvi escrever um post baseando-me nele e acrescentando minhas considerações. Usei inclusive o mesmo título, pois não encontrei outro mais adequado.

Como eu disse no post Felicidade existe?, desde muito cedo na vida me questiono sobre a existência da felicidade – ou não seriam apenas momentos de contentamento?

Será que podemos mesmo alcançar a felicidade plena e genuína em um mundo corrompido pelo pecado?


Medicina genômica

A neurociência e a medicina genômica são atualmente as duas ciências mais avançadas da atualidade, com descobertas muito relevantes na área de saúde. 


Medicina genômica social

Segundo Will Starr, em 2007 foi feita uma pesquisa por John Cacioppo (professor de psicologia e neurociência comportamental da Universidade de Chicago), Steve Cole (professor de medicina da Universidade de Los Angeles) entre outros. Eles encontraram u…

Para pensar #57

Imagem
Hoje eu gostaria de compartilhar um vídeo sobre neurociência, abordando basicamente investimentos. 

Por ser um tema tão interessante e amplo, o vídeo fala sobre muitos conceitos e dicas úteis para todos nós, como as descobertas que foram feitas nas últimas décadas, por exemplo, a neuroplasticidade - antes acreditava-se que aos 25 anos o cérebro estava totalmente formado, mas a ciência demonstrou que não é bem assim.

O vídeo também fala sobre o fato de termos 86 bilhões de neurônios e de sermos seres emocionais que raciocinam e não o contrário, como acreditamos. Enfim, são muitos assuntos.

Vale muito a pena ver até o final. Acredito que te proporcionará muitas reflexões e novos conhecimentos.



Cura para o vazio da alma - Vasti de Souza Viana - Resenha

Imagem
Todos nós já sentimos um certo desconforto que nada nem ninguém consegue preencher. Essa sensação de vazio e incompletude pode durar alguns dias, meses, anos ou décadas, sendo que uma parte conseguimos resolver por nós mesmos através de satisfações alcançadas ou momentos de felicidade. Mesmo assim, parece que sempre há algo faltando, mas que não sabemos o que é - esse é o tema desse livro, que possui uma abordagem mais espiritual.



"Muitos de nós sentimos certo vazio, um misto de fadiga, desgaste e inquietude, falta de algo que não se sabe bem o que é.
Será que existe algo poderoso que cure esse vazio e satisfaça plenamente essa carência de alma?" (reflexão na primeira página do livro).


O livro foi lançado pela Ideal Gráfica e Editora em 2014 e possui 128 páginas divididas em 20 capítulos - todos com perguntas para reflexão no final. Há também exercícios em vários capítulos, o que é muito útil para melhor assimilação e prática do conteúdo.

Fé, oração e comunhão são fundamentais p…

Para pensar #56

Fora o cão, um livro é, provavelmente, o melhor amigo do homem, porque dentro do cachorro, provavelmente, é muito escuro para ler.
Groucho Marx

Quando a tristeza é necessária

Imagem
Ninguém gosta de tristeza. Nunca.

Muitas vezes a evitamos. Outras vezes, a ignoramos, fingindo que não é em nossa porta que ela está batendo.

Esquecemos que muitas vezes a tristeza é necessária, importante e útil em nossa vida, pois nos mostra que há algo errado necessitando de correção.


Em vez de fugirmos da tristeza, precisamos aprender a entender o que ela tem a nos ensinar.


Tristeza sem motivo

Apesar de muitas vezes não conseguirmos distinguir a causa, não acredito que exista uma única tristeza sem motivo. A própria consciência da mortalidade e a angústia existencial e/ou espiritual muitas vezes são causas de sentimentos tristes. E apesar de serem casos sem solução - pois é de conhecimento público que mais cedo ou mais tarde todos morreremos, o que causa angústia em maior ou em menor grau em todos nós - até aqui a tristeza é útil, pois nos ajuda a não desperdiçarmos a vida com o que não vale a pena.


Bons motivos para estarmos tristes

Sei que a frase acima soa bem estranha e até paradoxal…

Para pensar #55

Existe mais na superfície do que nosso olhar alcança. 
Aaron Beck

Grande ideia + falta de ação = nada

Imagem
Acontece comigo com frequência em relação ao blog: tenho uma boa ideia para um post. Tomo nota. Tenho outra boa ideia. Tomo nota também. E outra ideia. Mais uma nota. 

E dessa forma tenho várias folhas com notas... Notas que já não valem muito, pois no momento em que a ideia surgiu, naturalmente apareceu também um certo encadeamento de pensamentos que dariam vida à ideia. Mas como esse encadeamento ficou somente na mente, logo se dissipou como o vento.




Outro fator importante é o momento em que a ideia surgiu. Qual era o contexto externo e o estado de espírito? Quais eram os sentimentos presentes? Se a ideia e o encadeamento de pensamentos somados ao contexto geral do momento não forem trabalhados em conjunto, corre-se o risco de perder a ideia e a inspiração que poderiam resultar em algo bom. Ou muito bom.


O que quero dizer é

Quando você tiver uma ideia - se a ocasião permitir - sugiro que registre o máximo que puder no momento, procure não se distrair com outros pensamentos, mas volte-se…

Para pensar #54

Nós somos o que repetidamente fazemos. A excelência não é um ato, mas um hábito.
Brian P. Moran





© 2019 Simplicidade e Harmonia - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total desta obra e permitida a reprodução parcial desde que citada a fonte.