Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2018

Você não tem celular? Como assim?

Imagem
Além da expressão de surpresa, outra frase que já ouvi é: "mas como você consegue viver sem celular?" Desisti de tentar explicar. Ninguém entende mesmo!

Parece que o celular tornou-se até uma parte do corpo de muitos que o possuem. Logo, quem não tem tal aparelho é inicialmente visto quase como um extraterrestre.

"Mas e se acontecer alguma coisa?" - esse é outro questionamento frequente. 

Como eu disse no post Junk food mental, notícias ruins sempre chegam até nós de uma maneira ou de outra. E se o problema for comigo, como ocorreu em julho do ano passado quando torci gravemente o tornozelo, não seria o celular a me salvar. De uma forma ou de outra, todos nós acabamos encontrando uma solução para resolver imprevistos.






Ter ou não ter: eis a questão

Não é que eu não tenha celular. Eu tenho um. Antigo para os padrões atuais, foi comprado em 2008. Na época paguei R$50,00 em uma grande loja de varejo. Tem visor colorido, teclas, cumpre a função de telefone quando necessário,…

Para pensar #75

Certa vez, um vaqueiro seguia por uma estrada poeirenta com seu cão na caminhonete e o cavalo em um carreta atrás.
Em uma curva, todo o conjunto sofreu um acidente.
O policial que chegou ao local, viu o cavalo e o cão gravemente feridos e os abateu.
Finalmente localizou o vaqueiro deitado na relva, vivo, mas com as pernas quebradas.
- Olá, você está bem? – perguntou
O vaqueiro, ao ver o revólver fumegante, respondeu.
- Nunca estive melhor!

Quando os riscos imediatos ultrapassam as recompensas, as queixas param rapidamente.
Se treinarmos nossa mente para perceber o custo a longo prazo das queixas, pode ser que esse comportamento se altere.

Fonte: Jennifer Jill Schwirzer – Revista Adventista 10/2016
Obs: Alguns detalhes irrelevantes da parábola foram suprimidos.


Dormir no escuro: essencial para a saúde

Imagem
Sem dúvida a modernidade proporciona muitas vantagens, mas um de seus pontos negativos foi a mudança drástica que ocorreu nos quartos. Antes ocupados por móveis, hoje móveis e eletrônicos dividem o espaço - muitos deles com luzes de stand by que ficam ligadas durante a noite inteira e o quase onipresente smartphone emitindo luz azul e ondas eletromagnéticas.

Aparentemente o ambiente está escuro, mas essas luzes atrapalham muito a liberação de hormônios e o próprio ciclo de sono. Para quem dorme com abajur ligado a situação é ainda pior, pois quanto maior a intensidade da luz, mais prejudicada será a qualidade do sono.


O ciclo circadiano

Você já reparou que no período da manhã a luz solar tende a ser mais branca e no período da tarde é mais alaranjada?

A luz mais branca nos ajuda a despertar, proporciona ânimo para as atividades enquanto a luz mais alaranjada acalma e relaxa, induzindo o organismo a diminuir o ritmo, pois o momento de descanso se aproxima - pelo menos teoricamente.

Antes da…

Para pensar #74

Imagem
Fonte da imagem: John Holcroft Illustrator


O lado bom das redes sociais

Imagem
Ao pensar em redes sociais, geralmente a primeira imagem que vem à mente são de pessoas felizes em lugares maravilhosos - a vida que todos queriam ter. Parece que momentaneamente esquece-se de que todos - ou a grande maioria - posta fotos de seus melhores momentos. E não o contrário.

Em quantas postagens você já viu a foto de uma pessoa muito sorridente em frente a um prato de jiló com arroz e a descrição "Que prato maravilhoso"? Uma pizza, um bolo ou um doce parecem combinar mais com a frase acima, não é? Pelo menos na cultora ocidental, creio que sim.

Qual das duas postagens acima seria a mais popular e mais agradável aos olhos - jiló ou pizza? É até desnecessário dizer.




Mundo de ilusão

Todos - ou pelo menos a maioria - quer mostrar o seu melhor exteriormente nas redes sociais. Há muita preocupação com o exterior, com a aparência, em um mundo virtual de ilusões, que parece até ter sido criado com esse sendo um dos pilares.

Como era de se esperar, ao ver tantas fotos de pessoas …

Para pensar #73

Amar o próximo que está distante é fácil. 
Difícil é amar aqueles que estão próximos a nós.
Madre Teresa de Calcutá 



Enquanto ainda há tempo - o post mais difícil de ser escrito

Imagem
Esse post foi inspirado no poema "Dia de Cão", do blog Momentos e Inspirações.

As palavras do Toninho me tocaram profundamente, talvez por eu sentir um pouco de culpa sobre o assunto.


"Vejo, que hoje estarei esquecido. Todos eles plugados na internet, A bolinha inerte no canto da sala, Parece dizer, hoje não é dia de cão." Toninho
O tempo passa muito rápido, mas não nos damos conta disso no dia-a-dia. Parece que vivemos a maior parte da vida de forma automatizada - exceto em momentos de eventos específicos agradáveis ou não como aniversários, festas diversas, problemas de saúde e funerais.
Geralmente estamos muito ocupados! O excesso de atividades, compromissos, obrigações, trânsito e conectividade nos esgota, nos deixa cansados, estressados, frustrados. Essa não é a vida que planejamos ou almejamos, muito pelo contrário.

E ao chegarmos em casa, lá estão eles - nossos amigos de quatro patas nos esperando.
Nos recebem sempre com muito entusiamo, exceto se não estiverem bem. E…

Para pensar #72

Se você acha que o conhecimento não é importante, experimente a ignorância.
Derek Bok



Alimentos inflamatórios

Imagem
"Nós somos o que comemos". Esse pensamento atribuído à Hipócrates (460 a.C. a 370 a.C.) parece que foi sendo esquecido ao longo do tempo, alcançando o ápice no século XX, principalmente dos anos 50 em diante.

Devido ao desastre na saúde que muitos alimentos causaram, felizmente um número crescente de pessoas tem voltado a atenção para produtos mais saudáveis, com menos conservantes, aromatizantes e corantes.



O que ocorre?

A ingestão de alguns alimentos ocasiona uma reação imunológica e a resposta do organismo é a inflamação. Há de considerar-se que não há um padrão de resposta, pois cada pessoa possui uma herança genética e um estilo único.

Como toda inflamação provoca o acúmulo de líquido, quando as células adiposas são atingidas há o acúmulo de gordura. Além disso, inicia-se o círculo vicioso da inflamação, que acaba afetando outras partes do corpo, como intestino, pâncreas, articulações, pele, cérebro, etc. Cada pessoa possui mais sensibilidade em determinados órgãos - que se…

© 2019 Simplicidade e Harmonia - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total desta obra e permitida a reprodução parcial desde que citada a fonte.