Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

Para começar bem o dia #10

Imagem

Na jornada com Cristo (Max Lucado) – Resenha

Imagem
O livro possui 160 páginas e é basicamente formado por reflexões curtas, de 2 a 4 páginas retiradas de outros livros do autor.

No final há um esboço para um plano de ação com objetivos e providências a serem tomadas. Uma semana, 1 mês, 6 meses, 1 ano, etc. Achei interessante a marcação de datas, pois os termos curto, médio e longo prazo muitas vezes acabam se tornando muito vagos, dificultando o alcance dos objetivos.

A descrição na contracapa nos instiga a refletir um pouco mais sobre o sentido da vida e o motivo de fazermos o que fazermos – trabalhar, estudar, etc.

(para ampliar, clique nas fotos)
O livro proporciona uma leitura agradável, tranquila, leve e de fácil entendimento. Apresenta questões relevantes, mas não de forma mais substancial ou profunda. São reflexões para momentos de dúvidas ou dificuldades, que podem proporcionar algum alento, alguma “luz” no sentido de clarear um pouco a mente.

Posteriormente farei comentários sobre algumas reflexões que achei interessantes. Apesar…

Para começar bem o dia #9

Imagem

Shopping Center

Imagem
Nunca gostei de shoppings centers. Como o próprio nome diz, sempre os vi em primeiro lugar como locais de consumo, muitas vezes impulsivos ou compulsivos.

Locais onde o layout, a iluminação, a temperatura, os sons e os perfumes são minuciosamente planejados de forma a proporcionar sensações de bem-estar e tranquilidade, que por sua vez geram um tipo meio difuso, confuso e irreal de confiança e otimismo que induzem muitos ao consumo.

Nunca entendi muito bem o motivo das pessoas gostarem tanto de shoppings centers, ainda mais em pleno século XXI, no qual grande parte das compras são feitas online. Mesmo neste cenário, a quantidade de empreendimentos desse tipo continua a crescer no Brasil.

Porque as outras opções de atividades e passeios aos finais de semana não conseguem atrair muitos dos frequentadores dos shoppings centers? Encontrei uma resposta bem coerente e adequada na crônica Lugar de Passear, de Ivan Ângelo.

Inicialmente ele cita que há aproximadamente 50 anos eram comuns passeios …

Para começar bem o dia #8

Imagem

Servir da melhor forma possível. Sempre.

Imagem
Sempre que pensamos em dons espirituais, pensamos e queremos possuir os que consideramos mais relevantes, aqueles considerados realmente importantes pela sociedade, independentemente de qual seja a sua crença. Mediunidade, exorcismo, cura, premonição, pregação, profecia, etc.

Pensamos em grandes chamados, grandes oportunidades, grandes realizações. Pensamos tanto nisso, que acabamos perdendo de vista o que Deus realmente gostaria que fizéssemos em Sua obra, pois cada um tem uma função, assim como ocorre em nosso próprio corpo.

Tudo o que chegar às nossas mãos, devemos fazê-lo da melhor forma possível, para que nosso testemunho fale mais alto do que nossas palavras. Como diz o ditado, a palavra convence, mas o exemplo arrasta.

Para ilustrar, gostaria de compartilhar uma breve parábola que me tocou profundamente.


"Uma mãe pensava no quanto gostaria de fazer um serviço que considera importante e de valor para Deus, mas com tantos afazeres domésticos e uma filha de 4 anos, não conseguia …

O que aprendi com 10 dias de silêncio - Renato Stefani - TEDxMauá

Imagem
Esse vídeo fala entre outras coisas, sobre a impermanência da natureza versus a permanência que desde cedo somos doutrinados a buscar. Muitas vezes (ou quase nunca) percebemos, mas as consequências desse hábito podem ser desastrosas.

"De acordo com nossos valores ocidentais, confundimos conforto com felicidade. Temos a ilusão de que o quentinho da cama é a felicidade. Mas não é." - diz o palestrante

Esse vídeo também fala sobre a intolerância à dor, o que me fez lembrar de um post que escrevi sobre isso, o texto Geração Analgésico.

Borderline e Psicopatia - Consultorio de Familia

Imagem
Esse vídeo esclarecedor é continuação do programa apresentado no post da semana passada.
Muitas vezes pensamos que algumas atitudes nossas ou de pessoas com as quais convivemos são normais, mas em alguns casos não são. Por isso, a informação é muito importante.
Sobre o assunto, fiz também a resenha do livro Psicopatas do cotidiano - Katia Mecler




Para começar bem o dia #7

Imagem

© 2019 Simplicidade e Harmonia - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total desta obra e permitida a reprodução parcial desde que citada a fonte.