terça-feira, 27 de março de 2018

Solitude x Solidão


A sociedade em que vivemos dá muito valor à interação social. Estar ou fazer coisas sozinho parece até coisa de outro mundo. Mas não é.

Obviamente que a solidão indesejada é incômoda e desagradável, mas não é esse exatamente o objetivo desse post. Hoje eu quero falar sobre solitude, que é você estar sozinho por escolha própria e não em razão das circunstâncias.

Por causa da confusão existente entre solidão e solitude e do estigma e preconceito que rondam o tema, muitas pessoas evitam ficar sozinhas, quando na realidade ficar só pode ser muito benéfico e em alguns casos até pode ser um grande ato de amor próprio. Como diz o conhecido ditado, muitas vezes é melhor estar só do que mal acompanhado.

Há tantas atividades agradáveis e importantes que podemos fazer em momentos de solitude! Oração, meditação, leitura – só para citar alguns. São momentos ideais para o autoconhecimento e reflexão, para você pensar melhor sobre seus valores, princípios e objetivos. São momentos nos quais você pode começar a apreciar sua própria companhia.


Menino-lendo


Enquanto a sociedade, as redes sociais e a mídia dizem que você deve estar o tempo todo interagindo com outras pessoas, pense primeiro em interagir com você mesmo, procurando encontrar um equilíbrio saudável entre a solitude e a vida social.

Para mim, Jesus é o melhor exemplo desse equilíbrio. Apesar de passar a maior parte do tempo entre pessoas, com uma vida social muito intensa, separava momentos para a solitude – momentos de oração e comunhão com Deus. 

Se até Jesus necessitava desses momentos, o que dizer de nós? É fundamental não nos deixarmos levar pela cultura de massa, que conseguiu desvirtuar até a solitude.  Para nosso próprio bem, precisamos desses momentos à sós.

Experimente! 
Os resultados podem ser surpreendentes.


Créditos da imagemAKARAKINGDOMS - Free Digital Photos




14 comentários:

  1. Acho que cada um de nós precisa se dar o direito da solitude que -e mesmo bem diferente da solidão imposta... Precisamos moimentos só nossos! beijos, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica,

      Precisamos mesmo de momentos à sós - para o nosso próprio bem.

      Abraços,

      Excluir
  2. "Todos os problemas do homem vêm de uma coisa só: ele não consegue passar um bom tempo sozinho, em silêncio, repousando dentro de um quarto."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Scant Tales,

      O que deveria ser um grande momento de autoconhecimento acabou tornando-se assustador e pavoroso para a maioria das pessoas.
      Uma pena...
      Talvez esse seja um dos motivos da sociedade (de forma geral) estar cada vez mais caótica. Quase ninguém se interessa pelo auto-conhecimento.

      Abraços,

      Excluir
  3. Gosto da solitude, me faz pensar, me inspira bastante, mas não curto por muito tempo não, é muito bom papear com amigos e pessoas agradáveis. Reflexivo seu texto. Gostei de mais!
    Bjss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diná,

      Gostei do seu comentário: equilíbrio é fundamental em todas as áreas de nossas vidas.
      Agradeço por sua visita em meu blog. :)

      Abraços!

      Excluir
  4. Tudo é questão de equilíbrio. Tem pessoas que naturalmente são mais introvertidas.
    Vivemos num país onde a extroversão é muito mais bem vista.

    Solidão, calmaria também são necessários, pra gente poder sair do automático e pensar um pouco.
    O que acho injusto é tratar a timidez ou introversão quando não são exageradas com algo problemático. A vida nos mostra que a maior parte dos mentirosos, estilionatários etc, etc são pessoas convincentes, sociáveis, falantes etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Você disse tudo: equilíbrio é fundamental.

      Uma pena que em nossa sociedade a extroversão seja mais valorizada, sendo que a introversão também é muito importante, exatamente para equilibrar.

      Em relação a sua última frase, não sei se conhece o livro abaixo. Nele há detalhes sobre vários perfis psicológicos.
      Se quiser ver minha resenha:
      https://simplicidadeeharmonia.blogspot.com.br/2017/04/psicopatas-do-cotidiano-katia-mecler.html

      Abraços!

      Excluir
  5. Perfeito Rosana! Eu em diversos momentos gosto de estar nessa "solitude". É o único momento que conseguimos refletir por nós mesmos, sem influências e opiniões de outras pessoas. Não que as interações sejam ruins, mas por vezes precisamos encontrar nós mesmos as respostas.

    Republiquei um artigo recentemente que anda de mãos dadas com o seu, não sei se conseguiu ver: http://www.viagemlenta.com/2012/12/viagem-solo-ruim.html

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André,

      Em uma época na qual os contatos sociais (reais ou virtuais) são supervalorizados, momentos à sós fazem toda a diferença. Acredito que só assim podemos realmente chegar ao auto-conhecimento autêntico.

      Vou ver o seu post, agradeço pela dica. :)

      Abraços,

      Excluir
  6. Olá Rosana minha querida!
    Sempre gostei de momentos só para mim.Gosto de ouvir meus pensamentos, meus sentimentos... Acho fundamental olhar pra dentro de nós, e assim saber quem somos.
    Beijos, Deus esteja sempre com você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Edna,

      Bom ver você por aqui, espero que esteja melhor.

      Ouvir nossos pensamentos e sentimentos é fundamental para sabermos realmente quem somos, para estarmos em contato com nosso verdadeiros valores e princípios.

      Abraços!

      Excluir
  7. Acho que não tenho mais nada a dizer k, belo texto.
    Aproveito para te desejar um bom feriado de
    muita PAZ E BEM, junto aos teus. E que esse mantra
    possa ecoar aos corações e que a solitude também possa
    ser um caminho uma solução para quem procura um despertar
    de consciência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Casa Madeira,

      Lindo comentário, simplesmente perfeito! :)

      Despertar de consciência - uma das coisas que a humanidade mais precisa.

      Bom feriado à você e aos seus familiares também!

      Excluir